Procurando Nemo (Finding Nemo) – 2003

procurando nemo

Procurando Nemo é um filme de animação produzido pela Pixar Animation Studios e Walt Disney Pictures e lançado no Brasil no dia 4 de julho de 2003, o filme teve a direção de Andrew Stanton e Lee Unkrich e teve um orçamento de US$ 94 Milhões de dólares.

Procurando Nemo foi muito bem recebido pelo público tendo no Rotten Tomatoes 99% dos votos a seu favor e 82% de audiência, também é um dos filmes mais vendidos de todos os tempos chegando a 40 milhões de cópias e sendo o segundo mais assistido de 2003. As pesquisas para Procurando Nemo tiveram início no ano de 1997, sua narrativa foi escolhida para se passar na Grande Barreira de Corais na Austrália, o relacionamento de Nemo e seu pai Marlin foi inspirado nos relacionamentos dos diretores do filme e de seus filhos. O filme foi relançado em 3D no dia 14 de setembro de 2012 e recebeu uma redublagem para sua exibição, seu primeiro lançamento em Blu-Ray aconteceu em dezembro do mesmo ano.
O filme também impulsionou a venda de peixes como animais de estimação apesar do filme mostrar essa prática como forma negativa, a Comissão de Turismo da Austrália (ATC) lançou várias campanhas de marketing na China e nos EUA , a fim de melhorar o turismo na Austrália, muitos deles utilizando pequenos clips com cenas de Procurando Nemo, O Queensland também usou Procurando Nemo para atrair turistas e promover seu estado.

Procurando Nemo foi motivo de ação judicial do escritor francês de livros infantis Franck Le Calvez contra a Pixar e Disney acusando-os de plagiar o personagem “Pierrot”, herói de seu livro Pierrot, le Poisson Clown (“Pierrot, o Peixe-Palhaço”) lançado um ano antes do filme, segundo o autor Le Calvez, “Pierrot” existia desde 1995 em um desenho animado escrito pelo próprio autor, porém nunca realizado. De acordo com a rede BBC, Le Calvez pedia a proibição de qualquer produto que fizesse referencia a marca Pierrot, pois era protegido pelos organismos de defesa dos direitos autorais da França. Em 2005, a justiça da França deu ganho de causa a Disney e Pixar, pois os personagens de Procurando Nemo já existiam no papel desde o ano de 2000 e que o autor já sabia da existência destes personagens quando registrou sua marca. O caso foi caracterizado como fraude por parte do autor que foi condenado a pagar € 61.000,00 (ou US$80.000,00) em danos e custos, sendo que no mesmo ano o autor já havia perdido uma causa para a Disney e Pixar.

O filme foi considerado a animação mais rentável de todos os tempos chegando a arrecadar mundialmente US$ 921 milhões, foi o segundo filme de maior bilheteria de 2003 ficando atrás de “O Senhor dos Anéis: O Retorno do Rei“, foi considerado o filme de maior bilheteria da Pixar até 2010 quando foi ultrapassado por “Toy Story 3“.

Poster de Procurando Nemo

Poster de Procurando Nemo

Sinopse: A jornada de um peixe-palhaço superprotetor chamado Marlin (Albert Brooks) e seu filho Nemo (Alexander Gould), que acabam separados na Grande Barreira de Coral, quando Nemo é inesperadamente levado para longe de sua casa no oceano e acaba dentro do aquário do consultório de um dentista (Bill Hunter). Apoiado pela amizade com Dory (Ellen DeGeneres), uma gentil mas desmemoriada blue tang do Pacífico, Marlin embarca em uma perigosa jornada e se vê como o herói de um épico esforço para salvar seu filho, que também arma alguns planos ousados para retornar a salvo para casa.

Ficha Técnica:
Título Original: Finding Nemo
Título no Brasil: Procurando Nemo
Duração Aproximada de Filme: 100 Minutos
Gênero: Animação
Ano de Lançamento: 2003
País de Origem: EUA/Austrália
Direção: Andrew Stanton/Lee Unkrich
Roteiro: Andrew Stanton, Bob Peterson e David Reynolds
Distribuição: Walt Disney
Estúdio de Dublagem no Brasil: Delart (RJ)
Classificação: LIVRE

Elenco Principal:
Albert Brooks: Marlin
Ellen DeGeneres: Dory
Alexander Gould: Nemoprocurando nemo foto 12
Willem Dafoe: Gill
Brad Garrett: Bolota
Allison Janney: Peach
Austin Pendleton: Gurgle
Stephen Root: Bubbles
Vicki Lewis: Deb
Joe Ranft: Jacques
Geoffrey Rush: Nigel
Andrew Stanton: Crush
Elizabeth Perkins: Coral
Nicholas Bird: Esguicho
Bob Peterson: Professor Arraia
Barry Humphries: Bruce
Eric Bana: Anchor
Bruce Spence: Chum
Bill Hunter: Dentista
LuLu Ebeling: Darla
Jordan Ranft: Tad
Erica Beck: Pearl
Erik Per Sullivan: Sheldon
John Ratzenberger: Cardume

Elenco de Dublagem no Brasil:
Estúdio Delart(RJ)
Albert Brooks (Marlin): Júlio Chaves
Ellen DeGeneres (Dory): Maíra Góes
Alexander Gould (Nemo): Gustavo Pereira
Willem Dafoe (Gill): Márcio Simões
Brad Garrett (Bolota): Jorge Vasconcellos
Allison Janney (Peach): Fernanda Baronne
Austin Pendleton (Gurgle): Henrique Ogalla
Stephen Root (Bubbles): Duda Ribeiro
Vicki Lewis (Deb): Carla Pompilio
Joe Ranft (Jacques): Sérgio Stern
Geoffrey Rush (Nigel): Hélio Ribeiro
Andrew Stanton (Crush): Cláudio Galvan
Elizabeth Perkins (Coral): Izabel Lira
Nicholas Bird (Esguicho): Wanderson da Palma
Bob Peterson (Professor Arraia): Garcia Júnior
Barry Humphries (Bruce): Guilherme Briggs
Eric Bana (Anchor): Renato Rabelo
Bruce Spence (Chum): Hamilton Ricardo
Bill Hunter (Dentista): Hércules Fernando
LuLu Ebeling (Darla): Victória Ficher
Jordan Ranft (Tad): Bernardo Coutinho
Erica Beck (Pearl): Bianca Salgueiro
Erik Per Sullivan (Sheldon): Thiago Farias
John Ratzenberger (Cardume): Eduardo Dascar


FONTE DE DUBLAGEM: FÓRUM DUBLANET

Trailer


Quer comprar este filme? Clique aqui!!

Quer fazer o download de Procurando Nemo? Clique aqui!!

Este slideshow necessita de JavaScript.

Qual sua opinião sobre este filme?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s